Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cachimbo de Água

MENU

Nas horas das horas

Francisco Luís Fontinha 14 Mai 15

Nas horas

Das horas

O dia em morte lenta

Esvoaça-se pela sombra do infinito adeus

Uma mão assombrada

Acena

Grita

Chora…

Nas horas

Das horas

Regressa a noite

Sem hora

Nem nome

Para ser recordada…

 

Francisco Luís Fontinha – Alijó

Quinta-feira, 14 de Maio de 2015

Sobre o autor

foto do autor

Feedback