Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cachimbo de Água

MENU

Quarto cinzento

Francisco Luís Fontinha 27 Jul 15

desenho_27-07-2015_2.png

 (desenho de Francisco Luís Fontinha - Alijó / IPO-Porto, 27/07/2015)

 

Vivo imaginando corvos poisados neste quarto cinzento,

Sinto ao longe os barcos em círculos atravessando a tempestade,

Esta cidade morre como morreram todas as flores do meu jardim,

E mesmo assim…

Não me apetece escrever neste lugar sem nome,

Não vejo as estrelas,

Perdi a noite

E os andaimes da escuridão,

Perdi a paixão,

Deixei de ter o rio nas minhas veias,

As calças cresceram,

Pertencem a outro arbusto,

 

E estou aqui… como um rochedo,

Perdido,

Vestido de medo,

 

Sentado numa cadeira invisível.

 

Francisco Luís Fontinha – Alijó

Porto, 27/07/2015

Sobre o autor

foto do autor

Feedback