Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cachimbo de Água

MENU

O perplexo sentido da fuga do corpo em translação

Francisco Luís Fontinha 25 Nov 15

O perplexo sentido da fuga

Do corpo em translação

O abraço submerso

Nas marés de ninguém

Acordar

Acender o último cigarro da vida…

Escrever o poema nas tuas pálpebras incendiadas pelo desejo

Que só a minha mão o sabe fazer

Ler-te o último parágrafo do meu livro

Oferecer-te um beijo

E partir sem regresso

Ao teu olhar

 

Francisco Luís Fontinha – Alijó

quarta-feira, 25 de Novembro de 2015

Sobre o autor

foto do autor

Feedback