Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

21
Jun 11

Este pequeno texto não tem o intuito de ofender as susceptibilidades de ninguém, tão pouco entrar no campo religioso; sou ateu e espero que respeitem as minhas ideias, da mesma forma que eu respeito os que acreditam, seja ela qual for a religião.

“Tiago Mesquita, 100 reféns” escreveu uma crónica no expresso (http://clix.expresso.pt/entrou-nas-urgencias-com-uma-nossa-senhora-dentro-dele-literalmente=f656578), onde relata a entrada de um indivíduo nas urgências do HUC, Hospital da Universidade de Coimbra, com uma nossa senhora de Fátima enfiada no ânus, não caros leitores, não é anedota, aconteceu. A explicação para o sucedido é que andava nu pela casa, escorregou, caiu, e por grande milagre, a entrada da nossa senhora de Fátima pelo rabo acima.

Aos poucos chegam até nós relatos esquisitos, mulheres pedem ajuda às urgências dos hospitais, com os mais variados objectos metidos na vagina (garrafas de Coca-Cola, telemóveis, comando de TV, e afins), e também existem casos de homens com os objectos mais estranhos enfiados no ânus.

E se Deus dotou a mulher com vagina e o homem com pénis, não teve, penso eu, na mente, que a primeira sirva-se dela para depósito de objectos, e o segundo, enfiar o objecto em buracos de parede, galinhas, ou, ou às vezes em locais estranhíssimos.

Tenham juizinho, e antes de enfiarem o que quer que seja, pensem duas vezes: não foi para isso que Deus deu ao homem um pénis, e à mulher uma vagina.

Utilizem-nos de forma correcta, ou será necessário manual de instruções?

publicado por Francisco Luís Fontinha às 11:47

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO