Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

27
Jun 11

O olhar de mim quando a ribeira se abraça ao rio,

E na cidade os automóveis em combustão acelerada,

A minha mão procura na algibeira as pequeníssimas moedas para o café, e o café em lista de espera, consulta só daqui a três meses e vá tentando,

- Uma vez duas vezes três vezes eu farto de tentar,

E se eu desistisse?,

Das moedas do café e da consulta, definitivamente não, nos óculos remelados os olhos que me impingem remédios milagrosos para as lombrigas para os bicos de papagaio para a próstata para os intestinos para a solidão, e o milagre para mim apenas meia dúzia de moedas, um trabalho,

- E nada mais do que isso,

Cabrões,

A minha cabeça estoira como rocha embainhada na dinamite do cansaço, e quando o cordão umbilical se debruça sobre as minhas mão,

- PUM a cabeça impressa na parede em ruínas e o borrão de tinta que sorri na tela,

A cidade empurra os corpos emagrecidos para o mar,

E o cheiro intempestivo dos cadáveres à procura de moedas para o pequeno-almoço, FECHADOS PARA DESCANSO DE PESSOAL,

- Um café e meio bolo e a sombra com a ardósia na mão, não vendemos meios bolos, ou bolo inteiro ou nada,

Nada,

Espero de amanhã,

Porque os dias são todos iguais, excepto na roupa que trago vestida,

- Traga-me só o café,

Cinquenta e cinco cêntimos de taxa moderadora,

E quando terminava a aula de trabalhos manuais construía bolinhas de barro e pumba aos cornos do papagaio da tasca decrépita,

- FILHO DA PUTA CABRÃO,

Consulta daqui a três meses e venha em jejum,

Eu sempre devido ao colesterol da vida, para as lombrigas para os bicos de papagaio para a próstata para os intestinos para a solidão,

- Tem alguma coisinha para a falta de moedas,

Não, não tenho nada,

E se eu desistisse?,

Levantar-me do sofá, despedir-me das fotografias penduradas na parede, e em meia dúzia de voltas sobre o eixo de rotação do meu corpo desligar o interruptor do candeeiro e, e cruzar o braços…

publicado por Francisco Luís Fontinha às 11:54

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO