Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

28
Jun 11

Desistir de olhar os pássaros

De perceber o silêncio da manhã

Desistir das correntes que me prendem aos socalcos

E não deixam o meu corpo afundar-se no rio,

 

Desistir não desistindo de viver

Mas desisto de continuar as braçadas neste mar

Desistir não desistindo de escrever

Mas definitivamente… desisto de sonhar,

 

Desistir não desistindo das árvores do meu jardim

Das nuvens que adormecem nos meus braços cansados

Nas horas intermináveis da noite

Desisto e desisto e desisto dos meus sonhos falhados.

publicado por Francisco Luís Fontinha às 12:57

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO