Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

10
Jul 11

Pilantra amarrotado nos caixotes de lixo

Que traz a sombra sobre os ombros enforcados

Nos dentes restos de bicho

Na boca pedacinhos de cigarros,

 

Otário desentendido com a manhã submersa

Um relógio de pulso avariado

Dois dedos de conversa

E está o homem engatado,

 

Deitado no chão da cozinha

Grita na madrugada

Ai Jesus Ai mãezinha

- E isto não é nada,

 

Diz-lhe o outro junto à lareira incendiada

- Que pensavas tu?

Que comias a sopa descansada

E não te ia ao cu?

publicado por Francisco Luís Fontinha às 22:34

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Julho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9






Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO