Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

22
Jul 11

(e porque devemos ser livres de amar, A todas as mulheres que amam mulheres)

 

Os púbis entrelaçados

Nos ramos de uma amoreira

Os pássaros em gritos cansados

Que se encostam aos púbis à lareira

 

Quando quatro seios leem literatura

E os umbigos entretidos na poesia

Dois lábios se beijam com ternura

E duas coxas se desejam durante o dia

 

Uma boca e outra boca

Que mergulham na noite escura

E uma das mãos louca

 

Palmilhando os lençóis de seda escarlate

Que procura

O coração da outra que bate.

 

(novo acordo ortográfico)

publicado por Francisco Luís Fontinha às 21:17

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Julho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9






Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO