Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cachimbo de Água

MENU

Abraço ao mar abraçado

Francisco Luís Fontinha 13 Abr 12

Abraço

Ao mar abraçado

À noite cansada

No meu corpo deitado

Coitado

Eu… à procura da madrugada

Com tudo e sem nada

Finjo adormecer

Invento manhãs no meu jardim

Coitado

Com tudo e sem nada

Triste triste assim-assim…

Viver

Assim-assim

Encostado às árvores dormentes

Que mastigam nuvens de algodão

Sem dentes

Sem coração

Abraço

Sem braço

Ao mar abraçado

À noite cansada

Num barco embriagado

Abraço

Sem braço

Coitado

Com tudo e sem nada

Em círculos na calçada

Sobre o autor

foto do autor

Feedback