Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cachimbo de Água

MENU

A poeira feiticeira

Francisco Luís Fontinha 3 Nov 12

As pedras feitiço na aldeia dos sonhos

uma criança menino das corridas sobre o azul silêncio da infância

um barco de papel

em rota de colisão

 

as palavras em gemidos

nos olhos cansados dos livros semeados nas encostas da montanha

socalcos de vogais

nas entranhas do xisto solitário

 

a poeira feiticeira

das brasas uivos da lareira

sobre a mesa da esplanada acorrentada à maré do inferno

quando o amor entra no peito do texto sem cor

 

das pedras

as pedras feitiço na aldeia dos sonhos

em flor

as janelas inventadas nas mãos dos beijos doces das nuvens de algodão

 

o chão térreo encharcado de sémen

das paredes o barro crucificado na madeira apodrecida

que o homem das palavras

semeou clandestinamente nas tuas coxas de vidro

 

as pedras

o feitiço das sandálias madrugada

que o vento aproximou

quando te mostrei pela primeira vez a aldeia dos sonhos...

 

(poema não revisto)

Sobre o autor

foto do autor

Feedback