Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

19
Jul 13

foto de: A&M ART and Photos

 

Pareia em teu dúctil corpo de incenso

a melodia poética das flores em construção...

vivo-as como se fossem gaivotas sobrevoando o desejo dos teus lábios

enfim... como se fosses uma nuvem de chocolate com doces morangos

pareiam em ti as palavras silenciosas dos minutos travestidos

que os calendários transformam num jejum incompleto e disforme...

 

Alimento-me das tuas cansadas dores íngremes nas plataformas inclinadas dos discos voadores

aos pratos sobre o teu peito que uma mesa de quatro pernas dorme e vive na praia dos teus seios

incongruente porque lá fora mesmo debaixo das árvores do nosso invisível quintal...

barcos

guindaste de areia

urgem como rugas na madrugada sumarenta das laranjas embalsamadas...

 

(não revisto)

@Francisco Luís Fontinha

publicado por Francisco Luís Fontinha às 22:54

Julho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

...

...

...

...

...

...

...

...

...

...

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO