Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

22
Dez 14

Caminhas sobre as tâmaras apaixonadas do deserto,

inventas-me num sorriso de areia húmida,

alicerças-te ao meu corpo quando o vento invade os teus seios...

e mesmo assim, para ti, sou apenas um desanimado,

um louco passeando no invisível,

o esqueleto que todos fotografam... e ninguém observa a fotografia que há em mim,

a desfocada imagem, sem olhar, com medo da paixão imensurável,

e dos peixes comestíveis,

caminhas sobre os meus ossos pérfidos,

sem inscrições,

apenas alguns algarismos vagueando nos meus lábios,

sem inscrições...

 

 

Francisco Luís Fontinha – Alijó

Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014

publicado por Francisco Luís Fontinha às 23:36

(desenho de Francisco Luís Fontinha)

 

 

Um tentáculo de gelo beija os teus lábios

desce do teu olhar a lágrima de fogo

que vai incendiar o meu peito...

há vozes desorganizadas em revolta

há crianças que esperam o regresso do circo

e a cidade se transforma num manicómio com paredes de vidro,

 

O sino da Igreja grita

chora...

o vento despede-se dos cabelos brancos em desalinho

são horas da cidade adormecer

correr os cortinados do destino...

e talvez amanhã, alguém... consiga destruir o manicómio com paredes de vidro.

 

 

 

Francisco Luís Fontinha – Alijó

Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014

publicado por Francisco Luís Fontinha às 20:45

Dezembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

...

...

...

...

...

...

...

...

...

...

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO