Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cachimbo de Água

MENU

Julho / 27-07-2017

Francisco Luís Fontinha 27 Jul 17

Todos morreram…

O pai,

A mãe…

E todos os sonhos da seara longa,

Lá longe uma porta líquida evapora-se

E no centro da casa um poço absorve toda a tristeza,

 

O cansaço também cansa a solidão,

A solidão dos dias,

Das noites…

E de todas as madrugadas.

 

Todos morreram…

 

E a noite levou-a para outro lugar.

 

 

Francisco Luís Fontinha

Sobre o autor

foto do autor

Feedback