Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

25
Nov 11

Alguma coisa estranha dentro de mim, era capaz de escrever dez poemas por dia, cinco ou seis textos de ficção por dia, e outros tantos desenhos, tudo apenas num dia, a coisa estranha, alguma coisa estranha dentro de mim, a coisa estranha é que tudo o que escrevo durante o dia ou desenho visita-me durante a noite enquanto durmo ou finjo dormir,

Alguma coisa estranha dentro de mim,

E vejo os meus textos e poemas que ainda não escrevi e vejo os meus desenhos que ainda não desenhei enquanto durmo ou finjo dormir,

Alguma coisa estranha dentro de mim como se alguém pelo silêncio da noite me injetasse as palavras que vou escrever e os desenhos que vou desenhar…

publicado por Francisco Luís Fontinha às 11:12

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO