Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cachimbo de Água

MENU

Sílabas assassinas

Francisco Luís Fontinha 27 Mar 12

Há sílabas assassinas

Nas palavras que escrevo

E percebo que morro

Abraçado às vogais

Olho os carris presos à insónia

E sei que uma lagarta de aço

Em galope se aproxima

O meu dilema

Deitar-me pacientemente sobre os carris…

Ou

Ou subir a montanha

Mastigando cigarros invisíveis

Sobre o autor

foto do autor

Feedback