Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

31
Out 12

Os fios de oiro que a noite embrulha no teu cabelo

rua sincera da cidade dos sonhos

nas palavras a verdade

e nos lábios

o sorriso lunar das árvores que navegam no oceano amor,

 

há pessoas sentadas nos pedaços de pedra

que deus deixou junto ao cais

as coisas dela nos coisos dele

sofregamente o eterno açude das frestas do desejo

e no entanto a noite entranha-se na carne esponjosa dos livros em poesia,

 

ele sentia

as acácias flor das paisagens íngremes do infinito capim de vidro

com as janelas apaixonadas

nas lágrimas palavras do oceano amor

que fingem travessias de rios invisíveis,

 

os fios de oiro que a noite embrulha no teu cabelo

sílaba por sílaba

carícia em carícia

as minhas mãos em migalhas de nada

na fronteira madrugada às abelhas da cidade dos sonhos...

 

(poema não revisto)

publicado por Francisco Luís Fontinha às 23:11

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO