Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

20
Dez 12

(a factura: é em seu nome ou em nome do burro?)

 

Não esqueço

sábado à noite vou entrar em ti

escrever nas tuas entranhas vísceras de primavera

o silêncio

com pingos de chuva

não esqueço

escrever

e as gajas de incenso

 

mergulhadas no papiro húmido da manhã sem acordarem

vivendo viver o sofrimento amor

não amando

amar

escrever

nas gajas de incenso

as palavras de encantar

que os barcos de sábado à noite

 

encalham na areia fina dos testículos

que dos tectos descem

os minguados tropeços de saliva

há na boca dele

ela entre parêntesis

abraçada ao ponto final

travessão

vírgula repetição paragem cardíaca ao pequeno-almoço

 

vírgula

ponto

paragrafo ordinário na tua mão não esquecendo

o calendário

vírgula

ponto final obrigado pela vossa presença

amanhã será outro dia

 

não esqueço sábado à noite vou entrar em ti

repartir-te em pedacinhos

palavra por palavra

letra por letra

sílaba por sílaba

não esqueço

sábado

quando as fotografias acordarem e dentro de ti eu

 

absorto

voando nas tuas vísceras entranhas cavidades

de primavera

a primeira classe das florestas virgens

absoluto em zero complexo tu eu nós os três pássaros da miséria

absorto

a primeira música no primeiro poema do primeiro desgosto de amor

não vieste desististe partiste dentro do oceano tua solidão

 

sábado

esperarei por ti

debaixo da ponte

trago os cigarros a corda de nylon e uma gaivota de esperma

e sei que nas tuas coxas

sábado

os cigarros

míseros sofrimentos que a noite constrói em folhas de papel...

 

(poema não revisto)

@Francisco Luís Fontinha

Alijó

 

publicado por Francisco Luís Fontinha às 22:43

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Dezembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO