Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

28
Dez 12

dentro de ti um rio chamado saudade

do mar desencontrado das planícies agrestes do teu peito

dentro de ti uma manhã de nevoeiro

cansada

um barco ancorado

um barco choramingueiro

sem jeito para coisa alguma

nenhuma

no cais infinito dos buracos abismais

pesco letras e palavras em pedaços de jornais

choraminguei quando perdi o rio chamado saudade

que brincava dentro de ti,

 

assim

tão poucas as sílabas das tuas mãos de areia

abraçadas ao pôr-do-sol

e ao longe

uma nuvem de beijos

sobre os cinzentos lábios de espuma que a terra derrama nas faces da lua,

 

dentro de ti

um pequeno rio

palavras de silêncio

que o tecido cortinado da insónia

deixa ficar sobre a mesa-de-cabeceira

um rio

o mar

dentro de ti.

 

(não revisto)

@Francisco Luís Fontinha

publicado por Francisco Luís Fontinha às 11:32

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Dezembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO