Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

23
Jan 13

O amor transformado em pequenas palavras

o amor

em desejos

desejado

dentro do mar

o amor transtornado em pequenos desenhos na areia

chamo docemente o teu corpo náufrago

e vem até mim a ilha dos sonhos

veste-se de ti

e coloca nos teus lábios os beijos dos pássaros do amor em amor

descem a calçada até chegarem à lua

tua desordem madrugada,

 

vestem-se de ti

e levas nos seios o silêncio dos poemas escondidos na gaveta da insónia,

 

não sei se sou eu que te amo

ou se é o meu corpo a desejar-te

quando entras na noite e desces a barra até encontrares na cidade

um porto de abrigo

um peito com marcas geometricamente inventadas

imaginadas

pelo vento que te abriga e obriga caminhando velozmente dentro do mar

o amor transformado em pequenos desenhos na areia,

 

teimosamente não desisto de resgatar-te das garras clandestinas da tempestade

mesmo não sabendo quem és

ou onde vives

mas sei que te amo

ou desejo

e também sei que te vestes de poema

e escreves nos vidros dos meus olhos

palavras lindas

belas

como todas as flores dos jardins em frente à tua lareira

O amor transformado em pequenas palavras

o amor,

 

(vestem-se de ti

e levas nos seios o silêncio dos poemas escondidos na gaveta da insónia.)

 

(não revisto)

@Francisco Luís Fontinha

publicado por Francisco Luís Fontinha às 23:35

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO