Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

17
Mar 13

O que tem o mar que tu não tens

tem seios de oiro e sorrisos de prata

tem abraços e manhãs sem cansaços

tem olhos verdes

e cabelos de vento

tem prazer

dor

tem amor

e tem letras para escrever

o que tem o mar que tu não tens

tem viagens tem barcos tem paixões

escondidas nos lábios do pôr-do-sol,

 

Tem saudade

e bairros de lata

tem perfume tem rosas tem ciúme

o que tem o mar que tu não tens

tem gemidos tem vogais

e sílabas mórbidas entaladas na madrugada

tem camas salgadas

com lençóis de sémen

tem corações

e pernas de cristal pintadas à mão

tem ondas

espuma e um enorme canção,

 

O que tem o mar que tu não tens

queres mesmo saber?

tem sombras tem desenhos tem muros em suspensão

tem um papagaio de papel

e um cordel

tem cheiros tem pedras de muitas cores

e tamanhos

tem flores

tem silêncios tem demónios e esqueletos com ossos à deriva

o que tem o mar que tu não tens

tem livros tem poemas tem cinema

e mulheres vestidas a preto e branco,

 

Tem dança

e asas de voar

tenho pena de este mar

ter tudo o que tu não tens

o que tem o mar que tu não tens?

tem as lágrimas tem o ombro tem o peito

onde encosto a cabeça

ai... que este mar tem tudo mas tudo aquilo que tu não tens

tem submarinos e sepulturas de vidro

tem árvores de fingir

tem loiras cansadas noites de Primavera

e tem... tem doidas palavras...

 

(não revisto)

@Francisco Luís Fontinha

publicado por Francisco Luís Fontinha às 22:37

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9






Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO