Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

27
Mar 13

A&M ART and Photos

 

A loucura das rochas frias e escuras

entranhadas no meu corpo moliceiro

procura a chuva que acompanha o vento

e navega sobre os telhados da aldeia,

 

Esta frieza grande corrida da paixão

este cansaço

esta tristeza

que a noite deixa cair sobre o meu cabelo sonolento,

 

Fingir que amo as ervas orvalhadas dos oceanos invisíveis

caminhar sonhando voar sobre as nuvens de vidro

e que nada tenho

percebendo que os abraços morreram entrelaçados no meu pescoço,

 

A loucura das rochas escura e frias e solitárias

onde me sento e adormeço e finjo viver

não voando não amando os versos do mar

não tendo as palavras a culpabilidade de existirem na minha mão.

 

(não revisto)

@Francisco Luís Fontinha

publicado por Francisco Luís Fontinha às 11:58

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9






Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO