Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

02
Jun 13

foto; A&M ART and Photos

 

Inventavas canções que me adormeciam

desenhavas sombras sobre a minha alcofa com pedaços de papel colorido

olhava-os pensando serem estrelas

ainda hoje confundo-os com as estrelas do céu

e fico sem saber se elas são papeis

ou se os papeis são cores pintadas por ti nas paredes da noite,

 

Colocavas-me um pequeno rádio a pilhas

em som quase nulo

e dizes-me agora que cintilavam os meus olhos

ficava submerso nos lençóis como um barco de esponja

na banheira de plástico onde me banhavas...

e dos meus ainda não dentes coloridos sorrisos vinham,

 

Regressavas a mim com o cacimbo em ti

e trazias contigo o cheiro do capim molhado

húmida a terra

sangravam as rochas as lágrimas tuas quando eu deambulava sobre os telhados de areia...

depois... adormecias em pé enrolada no cansaço

e um dia deixaste-me cair e eu percebi que me amavas...

 

(não revisto)

@Francisco Luís Fontinha


 

 

publicado por Francisco Luís Fontinha às 23:01

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

...

...

...

...

...

...

...

...

...

...

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO