Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

03
Jun 13

foto: A&M ART and Photos

 

Transeunte paquete de imagens escuridão

semi-nuas entre palheiros com gaivotas em transe

e lâmpadas de incenso na janela da seara adormecida

sinto-me quando me sento nos confins desenhos dos muros em betão

correndo mar adentro

como âncoras de chocolate escorrendo pelos corpos despidos cansados...

 

O teu e o meu suspensos das nuvens agrestes que as sílabas constroem

sinto-me e sento-me perdidamente embriagado nas ondas oceânicas madrugadas

comia manhãs saboreando as páginas perdidas de uma sebenta ensonada

transeunte paquete de ti em minha mão ensanguentada

desces do pôr-do-sol e entranhas-te em mim

como se fosses uma livraria apaixonada.

 

(não revisto)

@Francisco Luís Fontinha

publicado por Francisco Luís Fontinha às 19:55

Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

...

...

...

...

...

...

...

...

...

...

Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO