Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

10
Jun 13

foto: A&M ART and Photos

 

Há os grãos de areia que poisam na tua pele

como letras serpentes voando de cerejeira em cerejeira

há as pedras pássaro que dormem na tua mão

como uma sílaba acabada de nascer

há nos teus seios pincelados de cinzento

flores de pétala amarela e olhos azuis,

 

Há a chuva embriagada

que das nuvens inventam o prazer nocturno da paixão

rompem as amarras e as correntes em aço

como saliva deleitada entre rios e pontes imaginárias...

há mulheres com bocas de cetim

brincando como crianças nos relvados e jardins,

 

Há os dias sem fazer nada

e os minutos às janelas envidraçadas

há lágrimas dilaceradas como águias envenenadas

pelos pequenos parafusos de aço

que alicerçam os barcos ao cais dos desejos...

há os grãos de areia que poisam na tua pele.

 

(não revisto)

Francisco Luís Fontinha

publicado por Francisco Luís Fontinha às 19:58

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO