Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

27
Ago 13

foto de: A&M ART and Photos

 

dois pontos de ténue nua luz

esperando pela abertura da triste janela

dois corpos vestidos de onda

caminhando nas tuas costas de porcelana

voando sobre a doce cama

onde se escondem os homens de palha com palavras inaudíveis

fracas

terríveis

 

dois pontos teus hoje na roda da fortuna

rodando como milagres indefinidos no altar das Marias adormecidas

vaiadas

cansadas

correndo ruas despidas

descendo e subindo calçadas

como tu

como eu

 

à sombra

dois pontos de ténue nua luz

comendo sílabas enlatadas

e bebendo

chá de ervas enraivecidas

sumarentas

na caverna da Dona Joaninha...

e uma ferradura pendurada à porta

 

e um velho letreiro recordando

barbas e cabelo

barbeiro

oficina de beleza

pintor de jóias roubadas...

barbeiro feiticeiro

barbeiro literário... poeta

dois... dois pontos de ténue nua luz

 

 

(não revisto)

@Francisco Luís Fontinha – Alijó

Terça-feira, 27 de Agosto de2013

publicado por Francisco Luís Fontinha às 21:49

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Agosto 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO