Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

25
Set 13

foto de: A&M ART and Photos

 

somos tão poucos

quando entram em nós os alfinetes da tristeza

somos tão loucos...

e moucos

nas mãos da fada beleza

 

somos as palavras embriagadas

que dormem no planalto da estória

somos as pobres geadas

cansadas

nos esconderijos sem memória

 

somos tão poucos e de poucos morremos num veleiro apaixonado

somos o povo revoltado coração

pulsando como um feroz cansaço embalsamado...

gritando uivos de um vidro estilhaçado

na insónia de uma mão

 

somos tão poucos

quando dormem nos nossos lábios as gaivotas em cio

somos tão loucos

e loucos

de poucos e moucos nas queixas de um rio

 

(não revisto)

@Francisco Luís Fontinha – Alijó

Quarta-feira, 25 de Setembro de 2013

publicado por Francisco Luís Fontinha às 22:49

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Setembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9



29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO