Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

10
Out 13

foto de: A&M ART and Photos

 

sou um desalmado corpo suspenso nas madrugadas de adormecer

corro sem saber que dentro do vento

uma árvore morre

e um pássaro

filho do amanhecer

saltita sobre os muros das cidades de xisto

 

sou estes olhos que te lêem e estas mãos que te folheiam

brincam com as tuas palavras desconexas

sou a enxada que transportas dentro de ti

sou um desalmado corpo

perfumado pelos cansaços dos telhados de chocolate

sou a não vaidade

 

as sílabas castanhas dos cortinados sem janelas

sou as caricias tuas quando um espelho fica em migalhas

o teu corpo voa e esconde-se na neblina de um quarto alugado

sobes as escadas e bates à porta

… sou um desalmado homem que vive no duzentos e dezasseis

envergonhado de mim quando procuro os cigarros adormecidos nos cinzeiros das montanhas

 

abraçava-te e sabia-te volátil como serpentes enroladas nos tornozelos da tarde

ouvíamos as canções dos mendigos sentados sobre as lágrimas do silêncio

havia música com bata-frita e amêndoas grelhadas e cheirávamos as réstias sebentas com versos sós e magoados pelos copos vazios da vodka abandonada pelas flores de papel

sou um desalmado corpo suspenso nas madrugadas de adormecer

corro sem saber que dentro do vento

 

uma mulher vestida de negro

não alegre

não gaivota procurando os montes da paixão esquecida nos tentáculos dos braços de aço

que sobem as calçadas como corredores da morte

sou o milagre escondido que todas as mulheres tentam sobreviver

sou um pedaço de pedra deitado numa cama abandonada

 

 

(não revisto)

@Francisco Luís Fontinha – Alijó

Quinta-feira, 10 de Outubro de 2013

publicado por Francisco Luís Fontinha às 21:43

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO