Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

12
Out 13

foto de: A&M ART and Photos

 

tenho nas mãos a enxada da solidão

pronta a rasgar o silêncio do corpo embalsamado da insónia

tenho nas mãos o sorriso inocente das palavras adormecidas

tenho o papel de embrulho pronto para afagar as tuas lágrimas

que sobejam das tempestades vínicas do teu olhar em espelhos castanhos

oiço-os desalmadamente gritar contra o tabique dos sonhos em construção

vejo o teu cabelo voar sobre as ardósias invisíveis dos tentáculos da paixão

tenho nas mãos o sabor dos teus lábios

 

a garganta da tua voz embrulhada em cortinados de areia

o teu púbis mergulha no mosto pergaminho dos beijos embainhados

oiço-os

e vejo-os

tenho dentro de mim os sargaços montes de xisto

onde escrevo as tuas coxas pérfidas dos pássaros sem amanhecer...

tenho nas mãos as nuvens dos teus seios

como lâmpadas fundidas brincando em cada nova madrugada

 

tenho a canção do desejo

dispo-te desajeitadamente sem perceber os sons melódicos das falsas flores

tenho-as sobre a mesa-de-cabeceira como se elas fossem um livro em despedida

ou

ou uma andorinha vagueando nas tuas nádegas de porcelana

ou

tenho nas mãos os simples rolamentos das cristalinas janelas de zinco

oiço-os e vejo-os e amo-os...

 

 

(não revisto)

@Francisco Luís Fontinha – Alijó

Sábado, 12 de Outubro de 2013

publicado por Francisco Luís Fontinha às 21:57

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO