Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

10
Nov 13

foto de: A&M ART and Photos

 

os pigmentos da sinceridade desfazem-se nos meandros seios de espuma das andorinhas em flor

oiço-as vorazmente sem o saber

as canções melódicas das Princesas com vestidos de prata

os pigmentos olhos da mulher impregnada de insectos e palavras adversas

escondem-se

e mergulham nas algas salgadas dos campos de maré agoniada como papeis emagrecidos nas tendas do circo ambulante

sinto-os correr nas travessas dos carris do aço abraço

e acorrentam-se-me como se eu fosse um barco naufragado

fundeado no teu peito em arbustos artificiais como o era a tua boca transversal

e desconexa

ofegantes dedos de cristal nas plumas do cansaço avião invisível em pequenos desenhos de granito

e imaginas-me vagueando mendigos nas ruas de uma cidade sem lei

da cidade dos tristes corações de pedra...

sou forçosamente obrigado a suicidar-me pelas palavras que escrevo

e detesto quando acordam as manhãs de Domingo...

e não encontro os óculos

e não encontro a tua mão para me guiar até às escadas do silêncio

 

 

(não revisto)

@Francisco Luís Fontinha – Alijó

Domingo, 10 de Novembro de 2013

publicado por Francisco Luís Fontinha às 13:16

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Novembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO