Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

19
Ago 14

Cintilava na fragrância manhã o beijo desassossegado,

Tinha na algibeira alguns grãos de pólen,

Quatro ou cinco abelhas…

E um sorriso nos lábios pincelados com o desejo,

Havia no seu olhar uma pequena cabana,

Junto a ela… uma ribeira, e uma cama,

Cintilava na fragrância manhã o beijo…

Quando da montanha começaram a ouvir-se os sons poéticos da madrugada,

Toda a aldeia iluminada,

O beijo desassossegado… dançou, brincou…

E quando a mulher onde ele habitava foi à janela…

Viu… viu outros beijos iguais aos dela, correndo para o mar…

 

 

E,

E ela percebeu que todos os beijos desassossegados,

São caravelas,

São a saudade entranhada na fragrância manhã,

(Cintilava na fragrância manhã o beijo desassossegado,

Tinha na algibeira alguns grãos de pólen,

Quatro ou cinco abelhas…)

E um sonho para acordar!

 

 

 

Francisco Luís Fontinha – Alijó

Terça-feira, 19 de Agosto de 2014

publicado por Francisco Luís Fontinha às 21:45

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9



30



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO