Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

02
Nov 14

Não sabia o que era a saudade

até que os teus braços desfaleceram...

acreditava que nesta maldita cidade

recheada de cães vadios e palavras amorfas

encontraria os teus olhos de alegria

procurei, procurei...

e mal eu sabia

que deixaste de ter olhos

naquela tarde sangrenta

vi no espelho doente de uma qualquer loja

o teu rosto deformado

e as tuas mãos trémulas dançando no vento em alvoroço,

o amor é uma “merda”

a dor

o sofrimento

e a doença...

não sabia o que era a saudade

não sabia o significado de abraço...

segurava-me aos teus cabelos

e sorria como me tinhas ensinado

o coração batia

o corpo... o corpo de mendigo sonolento

se escondia

como os pássaros dentro de um cubo envidraçado...

 

 

 

Francisco Luís Fontinha – Alijó

Domingo, 2 de Novembro de 2014

publicado por Francisco Luís Fontinha às 19:56

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO