Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

20
Jun 14

Quem sou?

Faltam-me as palavras para definir este cansaço sem pernas, este cansaço sem boca, este cansaço sem poemas,

 

As tuas mãos ardem, tracejando o meu corpo em lâminas de suor,

há um desejo escondido nos teus lábios de cerâmica adormecida,

há uma tempestade no teu cabelo, um rio vagabundo correndo nas tuas veias,

as tuas mãos alicerçam-se ao papel solitário, aquele... aquele que espera pela minha caligrafia,

um papel amarrotado, com odor a cidade, com... com alergia,

 

Que vida é esta, quando em mim facas de granito brincam como andorinhas,

quando em mim papagaios com olhos verdes se entrelaçam nos meus pulsos sangrentos,

e há um círculo no teu peito, um círculo cinzento, um círculo de espuma...

onde vive o prazer, de onde se alimenta a minha dor,

a dor... a dor de escrever,

 

Quem sou?

Faltam-me as palavras para definir este cansaço sem pernas, este cansaço sem boca, este cansaço sem poemas,

 

Serei um poema que vagueia nos teus seios?

Uma cama,

um espelho de uma velha cómoda encostada à lareira...

 

Faltam-me as palavras,

as minhas, as tuas palavras doiradas,

faltam-me os cinzeiros de estanho, onde deixo durante a noite os meus sonhos...

tu, tu embrulhada no luar,

faltam-me... faltam-me as palavras de amar.

 

 

Francisco Luís Fontinha – Alijó

Sexta-feira, 20 de Junho de 2014

publicado por Francisco Luís Fontinha às 21:35

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO