Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

09
Fev 14

foto de: A&M ART and Photos

 

Sinto-me uma gaivota embriagada em busca do barco adormecido,

um livro perdido,

na tua mão,

esquecido,

na tua mão,

cansada de amar,

sinto-me o volátil nocturno inferno das canções ensonadas,

o velho e eterno... triste coração das estrelas apaixonadas,

 

Triste Inverno,

sinto a madrugada construída numa folha em papel,

triste, triste, não amada,

triste, triste... como todas as vozes caladas,

silêncios desertos em bosques de areia,

uma veia de aveia,

uma veia... uma veia sentido-se como eu, uma gaivota embriagada,

à procura de um barco, à procura do céu.

 

 

@Francisco Luís Fontinha – Alijó

Domingo, 9 de Fevereiro de 2014

publicado por Francisco Luís Fontinha às 19:49

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Fevereiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO