Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

19
Jan 14

foto de: A&M ART and Photos

 

Os últimos cacos de ti desaparecem nas amoreiras virgens dos telhados de colmo

a dor inseminada que sentiam as tuas dúcteis veias habitam hoje nas janelas de mármore

e durante a noite

a mão solitária da insónia rouba o mar que se ouvia das janelas de mármore...

sinto-te neste momento em finas placas de poeira

inventas o vento para que os teus despojos sejam selvaticamente levados para a montanha

uma ribeira alegremente chora

e no teu rosto de cacos

as pequenas lágrimas de cianeto que invadem o teu doce sofrimento

hei-de ser uma lareira acesa na tua mão de porcelana

um livro em forma de chocolate...

hei-de ser um dos últimos cacos de ti.

 

 

@Francisco Luís Fontinha – Alijó

Domingo, 19 de Janeiro de 2014

publicado por Francisco Luís Fontinha às 23:08

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Janeiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9


25



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO