Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

04
Jun 14

O peso das tuas pálpebras enquanto dormes,

um ninho de poesia, ainda em fase de construção, poisa em ti,

não percebes o significado do cansaço que aprisiona o teu corpo ao jardim da sonolência,

não entendes os desenhos que a dor deixa sobre os teus seios de Margarida...

e como flor que és, e como flor... desaparecerás quando descer a noite ao teu cabelo,

sorris, sorris como uma pedra descalça, como uma pedra sem nome... descendo a calçada do Adeus,

o peso das tuas pálpebras vai diminuindo... até que o amanhecer entra nas tuas coxas, e...

… e nada mais existirá do outro lado do muro, em pequenos pedaços de xisto... morrerá como um louco desconexo, como um louco licenciado, com mestrado em Paixão,

 

Com Doutoramento em Sofrimento,

o louco sonha, o louco se alimenta das palavras de uma finíssima árvore de cartão,

olha-nos,

olha-nos... e apenas cruza os braços num movimento curvilíneo,

aleatório,

ele chora,

ele é o espelho de uma outra flor,

ele... ele sou eu, ele... ele é o desejo vestido de papagaio...

 

 

Francisco Luís Fontinha – Alijó

Quarta-feira, 4 de Junho de 2014

publicado por Francisco Luís Fontinha às 22:11

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Junho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO