Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cachimbo de Água

MENU

Livro proibido

Francisco Luís Fontinha 18 Jun 18

Aqueço-me nos teus olhos, disfarço as rugas, pego num livro proibido sem tu o dares conta, e imagino-te sentada junto ao lago desconhecido; nunca soube o seu nome, raça, credo ou sexo, mas é o lago mais lindo do Universo.

Aqueço-me nos teus olhos, banho-me na tua tristeza de um dia acordar a Primavera sem mim, tu, descalça, caminhando em volta do lago, danças, saltitas e chamas por mim; e nunca percebeste qual era o livro proibido…

 

 

Francisco Luís Fontinha

Alijó, 18/06/2018

 

35521043_2250216764995777_6742206791876083712_n.jp

 Desenho de Francisco Luís Fontinha

Sobre o autor

foto do autor

Feedback