Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

14
Mar 15

O suicídio embrulhou-o na almofada do sono

como quem semeia numa fogueira

palavras

e desenhos

e corpos

e beijos

o desejo

meu amor

a saudade dos tentáculos teus braços

quando olhávamos petroleiros brincando no Tejo

o vento

levava o teu cabelo até à outra margem...

alguns minutos

poisava na minha mão

estrelas

os teus olhos

Belém fervilhava

como um campo de centeio

nos corredores da cidade

os livros em viagem

atravessavam a ponte

sem autorização

sós

o café

e a água

a esplanada em cio

quando ouvia o uivar de uma gaivota

em todos os finais de tarde

sós

o café

e a água

estrelas

nos teus olhos de rosa embalsamada

o jardim nos esperava

e abraçava

com corrente de aço pinceladas de silêncio...

 

 

 

Francisco Luís Fontinha – Alijó

Sábado, 14 de Março de 2015

publicado por Francisco Luís Fontinha às 20:28

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Março 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO