Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

20
Jun 15

Não sinto o teu corpo

Nestas gélidas noites de Primavera,

Percebo que há nas tuas palavras uma equação de insónia,

Um círculo de dor

Voando na manhã quadriculada,

Um quadrado dormindo na calçada,

Sempre em mim o rio,

Sempre de ti o sorriso da infortuna,

As tuas fotografias alicerçadas a uma incógnita sombra de cola,

Os cheiros de Angola,

É Primavera,

Voando na manhã…

Cúbica,

E silenciada pela poesia,

Como se fosse o teu corpo em despedida…

Como se fosse o teu corpo em partida.

 

Francisco Luís Fontinha – Alijó

Sábado, 20 de Junho de 2015

publicado por Francisco Luís Fontinha às 00:03

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9

17

23
25



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO