Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cachimbo de Água

MENU

Manhãs utópicas

Francisco Luís Fontinha 22 Out 16

Regressam os barcos das manhãs utópicas do sono

inventando marés de tristeza

nas profundezas da solidão.

Sinto-me tão pequenino nas mãos do sofrimento

como um fio de luz quando acorda o anoitecer…

mar adentro,

o meu olhar desaparece nos braços da lua,

e finjo não pertencer a esta cidade,

a esta rua.

 

 

Francisco Luís Fontinha

sábado, 22 de Outubro de 2016

Inserir comentário

De
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.
Comentário
Máximo de 4300 caracteres

O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Sobre o autor

foto do autor

Feedback