Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

23
Set 15

desenho_22_09_2015.jpg

(Fontinha – Setembro/2015)

 

As ruas sempre desertas,

As palavras ensonadas,

Na minha mão entre pássaros e sombras cansadas,

O peso do meu esqueleto procurando imagens sem nome,

O livro sobre a secretária com fome…

Quase que me come,

E eu, e eu tenho de me esconder nos teus braços silenciosos,

Como faz o luar quando foge para a montanha da saudade,

Vivo nesta cidade

Confundida com as estrelas e os rochedos da insónia,

Desço as escadas do sonho

E percebo que as ruas são túneis assombrados sem clarabóias para o mar…

 

Francisco Luís Fontinha – Alijó

Quarta-feira, 23 de Setembro de 2015

publicado por Francisco Luís Fontinha às 22:02

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Setembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9


24

27
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO