Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

14
Ago 15

desenho_14_08_2015_2.png

(Francisco Luís Fontinha – 14/08/2015)

 

Nunca me disseste onde aprisionaste os teus olhos cinzentos,

Permaneço um farrapo dançando ao som do vento,

São tão tristes as noites, meu amor…

 

Pareço um veleiro acorrentado às fotografias de ontem,

Olho-me de espingarda ao tiracolo da minha sombra,

Tenho balas em cartão,

Beijos floridos fundeados no teu coração…

 

E sinto-me contente porque fumo, bebo… respiro o perfume da tua ausência,

 

Não existe em mim a solidão,

O medo…

E as belas âncoras dos teus seios gritando…

Saudade,

 

Escrevendo no meu corpo…

Amo-te,

 

Desenhando nos meus braços,

 

A cidade.

 

Francisco Luís Fontinha – Alijó

Sexta-feira, 14 de Agosto de 2015

 

publicado por Francisco Luís Fontinha às 00:37

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Agosto 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO