Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

07
Ago 14

Meu amor,

Existes?

Perturbo o teu sono,

Visto-me de abelha e brinco na colmeia da tua insónia,

Sorris, brilham nos teus olhos as minhas palavras,

Habitam nos teus seios os meus desejos, os meus versos…

O rio que corre nas minhas veias,

Há dentro de mim uma África perdida,

Socalcos, vinhedos…

Barcos coloridos que atracam nas tuas mãos,

Meu amor,

Existes?

 

Perturbar o teu sono é poesia,

São canções inventadas por estórias, são searas de trigo dançando ao som do vento…

Perturbar os teus sonhos, deitar-me no teu corpo… como se eu fosse a tua pele de alecrim em flor,

 

A montanha que nunca dorme,

O luar que jamais cessa de brilhar,

Meu amor,

Existes?

Nas frívolas manhãs de Primavera, e… e absorver os teus lábios de livro em construção,

Percorrer o silêncio de uma ponta à outra, sem me cansar de te olhar,

Sorris…

Olhas-me…

Existes?

Estrela-do-mar,

Que me ilumina ao deitar,

E sem pressa… e sem pressa ofereço-te o beijo poético…

 

 

 

Francisco Luís Fontinha – Alijó

Quinta-feira, 7 de Agosto de 2014

publicado por Francisco Luís Fontinha às 21:02

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9



30



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO