Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cachimbo de Água

MENU

O suicídio de uma caneta

Francisco Luís Fontinha 22 Jul 18

37727490_2313867831964003_6367498275716595712_n.jp

 

E assim me suicido com a bala disparada de uma caneta,

Cada palavra, um sonho,

Cada sonho, um poema transfigurado pela manhã,

O sangue passeia-se sobre a secretária,

E sinto os cheiros da minha infância…

 

 

Francisco Luís Fontinha

22/07/18

Sobre o autor

foto do autor

Feedback