Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

31
Ago 14

Esta casa que não cessa de chorar,

estas janelas com bocas de inferno e línguas de fogo...

para me atormentarem,

me enganam,

me sufocam,

alimentam-me as mãos depois do jantar,

e me tocam,

saciando a sede do rochedo sobre o telhado da saudade,

salpicando de sangue o meu corpo de pano...

esta casa que vi enlouquecer,

onde cresci,

onde morri... morri de sofrer,

 

Esta casa de engano,

estes livros mortos, cansados de viver,

esta casa com paredes de vidro e tecto de colmo...

o circo,

o circo regressa à minha terra,

eu, o palhaço das palavras,

o trapezista dos silêncios...

o que tem esta casa?

que me acorrenta ao soalho emagrecido pelo veneno do sofrimento,

esta casa... esta casa não existe, e eu, o palhaço das palavras...

olho esta casa de frestas e donzelas e crucifixos falsificados,

que o circo transporta nos finados...

 

 

Francisco Luís Fontinha – Alijó

Domingo, 31 de Agosto de 2014

publicado por Francisco Luís Fontinha às 22:33

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Agosto 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9



30



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO