Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

04
Mai 14

não tenhas pressa de morrer

voa como os pássaros embrulhados em pedaços de liberdade

ouve a canção da madrugada

escuta as minhas palavras

pega na minha mão

vamos sonhar com o mar

não tenhas pressa em partir

viajar

porque quando descer a noite sobre ti

haverá sempre uma língua de Luar

haverá sempre um espelho com o teu sorriso...

que nunca deixará que eu te esqueça,

 

ouve-me

não tenhas pressa de te ausentares dos meus braços

não tenhas pressa de morrer

não

não acredites no que ouves

escuta o silêncio do amanhecer

e vamos brincar

como o fazíamos junto à Baía de Luanda

quando inventávamos barcos

e pequenos fios de luz com sabor a saudade

ouve-me

não,

 

não tenhas pressa de morrer

voa

voa sobre os telhados de zinco das sanzalas de porcelana

saboreia a chuva miudinha

salta sobre os charcos invisíveis do entardecer

vive

vive sem sofrer

vive... vive acreditando que ainda existem manhãs de Primavera

vive... como se fosse hoje o teu último dia

e acredita

e não tenhas pressa de morrer

… não.

 

 

Francisco Luís Fontinha – Alijó

Domingo, 4 de Maio de 2014

publicado por Francisco Luís Fontinha às 14:56

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Maio 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO