Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

19
Jan 14

foto de: A&M ART and Photos

 

qualquer coisa começada em pedra e terminada em erva

o terreno límpido onde pastam as vozes dos cortinados ensanguentados

húmidos pelo medo

às paredes o silêncio degredo

a morte vestida de flores embalsamadas

e portas encerradas

janelas que olham o mar

o mar que transforma janelas em barcos para brincar

qualquer coisa em ti

comedida

a dor sobre os teus ombros submersos em carris de aço nos lânguidos lábios em tristes abraços...

sabia-te deitado no meu destino,

 

ancorado

e bem amarrado como cordas que sustentam as pontes invisíveis das tempestades de veneno

converso e oiço-te em mim...

 

grito.... “Quero o meu caderno das argolas desbotadas quando a tarde ainda era tarde”... grito e quero-o em mim como se eu fosse um simples suporte de madeira deixado numa qualquer rua da cidade...,

 

a cidade fervilha e transpira

o corpo despe-se e do espelho do sótão uma lâmina de tristeza embrulha-se em ti

sim eu percebo que você é frágil e de frágeis vivem os jardins como vivem as árvores nos seios das pequenas gaivotas em papel...

a cidade és tu

o corpo é o meu

o meu corpo dentro do teu corpo

dois corpos suspensos na fronteira do prazer... vivemos na alegre solidão da dor...

sinto-as como se fossem as minhas mãos de amoreira em cima das nuvens negras do Inverno inferno travestido de Cinderela adormecida... ancorado... e bem amarrado... o teu corpo vive e habita nos rochedos das montanhas encarnadas

o teu corpo masturba-se nas sílabas assassinadas pela madrugada

oiço-as e invento-lhes nomes para que eu não enlouqueça como a insónia vogal do ciume

vive-se vivendo como esqueletos de ossos em migalhas de pão...

voa-se voando... quando de um corpo sem corpo acordam as sanzalas do pecado.

 

 

@Francisco Luís Fontinha – Alijó

Domingo, 19 de Janeiro de 2014

publicado por Francisco Luís Fontinha às 20:50

Janeiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9


25



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO