Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cachimbo de Água

MENU

A tristeza do fim de tarde

Francisco Luís Fontinha 12 Mar 11

A tristeza invade o meu fim de tarde

Quando em mim adormece a beleza

E acorda a fogueira que aquece

As paredes da minha biblioteca em brasa,

 

E das tuas mãos feiticeira

Um pingo de espuma do mar

Alicerça-se nos meus olhos cansados

Planando sobre a tristeza. E da madrugada que há-de acordar

 

Os meus livros favoritos em lágrimas,

Porque das suas páginas

Vão emergir sílabas de mágoas

Porque nas suas páginas o meu corpo se vai esconder;

 

Quero morrer.

 

 

Luís Fontinha

12 de Março de 2011

Sobre o autor

foto do autor

Feedback