Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cachimbo de Água

MENU

Mãos tuas canções de adormecer

Francisco Luís Fontinha 16 Jun 13

foto: A&M ART and Photos

 

Pediário silêncio das mãos tuas canções de adormecer

olham-se na madrugada

inventam na parede do amor um espelho

com flores amarelas em vultos cansaços

e mar adentro como ferrugem encalhada nas drageias do amanhecer...

dormem e dançam nas sombras submersas do prazer.

 

(não revisto)

@Francisco Luís Fontinha

Mil braços

Francisco Luís Fontinha 9 Jul 11

São precisos mil braços

Para erguer o meu corpo do chão

E apenas dois abraços

Alimentam o meu coração,

 

Dois beijos para caminhar

E um sorriso para viver

Uma boca para eu beijar

E um corpo para escrever,

 

Mãos para me acariciar

Quando a noite desce da montanha fria e escura

E o rio não corre para o mar,

 

São precisos mil braços

E muita ternura

Para cessar os meus cansaços.

Sobre o autor

foto do autor

Feedback