Blog de Luís Fontinha. Nasceu em Luanda a 23/01/1966 e reside em Alijó - Portugal desde Setembro de 1971. Desenhador de construção civil, estudou Eng. Mecânica na ESTiG. Escreve, pinta, apaixonado por livros e cachimbos...

23
Nov 14

Sinto a falta do fumo do teu cigarro,

não percebo a ausência das tuas mãos...

quando poisavam no meu rosto,

e dos teus lábios sobejavam palavras que não me cansava de ouvir...

sinto a falta do teu olhar embrulhado no cacimbo,

e das mangueiras que brincavam no nosso quintal,

desenhando bonecos de sombra no meu peito,

sinto a tua falta...

e imagino-te a galgar o portão de entrada com um brinquedo debaixo do braço,

e eu...

e eu adormecia no teu colo,

sonhando com barcos de papel e triciclos de luz...

 

 

 

Francisco Luís Fontinha

Alijó, 23 de Novembro de 2014

publicado por Francisco Luís Fontinha às 20:07

04
Ago 11

Sumiu-se no fumo da tarde

O sorriso da gaivota

Do cigarro que arde

Em cigarros de revolta,

 

Poisa a mão o enforcado

No peito da árvore adormecida

Tomba o corpo cansado

Na tarde envelhecida,

 

Sumiu-se no fumo da tarde

O sorriso da gaivota

Do cigarro que arde

No cigarro que não volta…

publicado por Francisco Luís Fontinha às 16:53

Junho 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14
15

17
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO