Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cachimbo de Água

MENU

Beijos de uma caligrafia triste

Francisco Luís Fontinha 3 Jul 14

Um fino lençol de areia embrulhava a triste caligrafia,

nas minhas pálpebras de papel um poema crescia,

e sentia-me absorvido pelo silêncio do algodão vestido de chuva,

uma vezes sentia o cansaço disfarçado de melodia,

outras... outras eu sofria,

cantava,

chorava,

inventava beijos de alegria,

e de alegria não tinha nada,

a caligrafia derramava-se nas encostas íngremes da montanha adormecida,

e o papel onde eu escrevia...

amarrotava-se... e... e ardia...

 

 

Francisco Luís Fontinha – Alijó

Quinta-feira, 3 de Julho de 2014

Sobre o autor

foto do autor

Feedback